folheando uma reportagem sobre marketing pessoal, várias constatações:

Se eu não publiquei um livro, não sou escritora. Se eu não escrevo em jornal/revista, não sou jornalista.

Se eu não dou aula, não sou professora. Se eu não sei vender, não sou empreendedora.

Se eu não tenho talento, não sou artista. Se eu não freqüento escolas, não sou estudante.

Se eu não pulo do abismo, não sou suicida. Se eu não sei brigar, não sou lutadora.

Se não tenho equilíbrio, não sou trapezista. Se eu não tenho vínculos, não sou empregada.

Se eu não tenho casa, não sou moradora. Se eu não tenho filhos, não sou mãe.

Se eu não sou fluente, não falo um idioma. Sem certidão civil, não sou casada.

Se eu me divorcio, não sou solteira. Se eu não saio, não sou vista.

Se eu não tenho antenas, perco a sintonia. Se eu não me visto, não sou bem vestida.

Se alguém me conhece, não sou anônima. Se não tenho influência, não sou conhecida.

 Diante disso, uma dúvida: será mesmo que eu existo?

Anúncios

2 Comentários

  1. Adorei esse. 🙂

  2. Não é?
    Idem, idem.
    Beijo.


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s